Conte sua história: 2013

Por em 4 de Março de 2013

Amigos do futsal! Estamos de volta com a seção “Conte sua história”. Para quem não sabe como funciona, a Federação Mineira de Futsal criou o quadro para que os leitores do site contem suas experiências vividas no futsal. Para participar é fácil. Basta contar a sua história e mandar um e-mail para assessoria da FMFS:  imprensa@fmfutsal.org.br. O tema do conto é livre. Pode ser engraçada, de superação, drama, alegria ou até mesmo de um jogo marcante. O texto tem que ter no máximo 700 caracteres. Todas as histórias serão publicadas no site da FMFS.

 Hoje vamos relembrar duas histórias que foram publicadas no site em 2012. Confira:

 

Daniel Arnez Silveira:

Jogo marcante:

“Em 1998, jogando pelo Praia Clube de Uberlândia, fui disputar a semifinal do Estadual Mirim (categoria 86) em Belo Horizonte contra Barroca, Olympico e Magnum. Perdemos os 2 primeiros jogos e no último jogávamos contra o Magnum, líder. Vencemos a partida por 6 a 4, onde marquei 5 gols. Detalhe: faltando 2 minutos perdíamos por 4 a 2. E nesses últimos 2 minutos fiz 4 gols relâmpagos, dando a vitória ao nosso time. Jogo marcante em minha vida, pois mesmo eliminados, pude dar uma alegria aos meus amigos na viagem de volta. Sem dúvida a melhor atuação de minha vida.”

 

Alexandre Pinheiro

Da época de um árbitro e um bandeira:

Bandeira posicionado no vértice do escanteio onde se encontra a linha de fundo com a de lateral. Lance duvidoso: “foi pênalti!!”, “foi escanteio!!”, “deixa que o árbitro sabe”. Se pênalti seria contra o time da casa e se escanteio, bom ai… O arbitro muito malandro e esperto se dirige ao também malandro bandeira e pergunta: “Meu bandeira, diga la o que só você viu”. E o bandeira ainda mais esperto responde: “Eu vi o que o senhor também viu”. E o árbitro mais que depressa: “Tiro de meta, tiro de meta, e vamos por jogo”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *