Hiago decide de novo e Olympico é campeão

Por em 11 de setembro de 2013

 A partida em que o Olympico Club goleou o Clube Recreativo Mineiro por 9 a 3, funcionou como uma final antecipada do Campeonato Metropolitano sub-13 e deixou o título com o time mais regular da competição. A partida disputada na casa do Recreativo, o Ginásio Clube Recreativo, tinha um ar de final antecipada porque estavam em quadra os dois primeiros colocados do campeonato.

O Clube Recreativo, com um jogo a menos e apenas 3 pontos atrás do líder, precisava da vitória para continuar dependendo só de si para ficar com o título do segundo turno, provocando assim a disputa de um quadrangular final. Já o Olympico, líder do campeonato, queria vencer a partida e liquidar de vez a competição, uma vez que já havia levado o título do primeiro turno.

Sob esse clima as duas equipes entraram em quadra na noite desta segunda-feira. Porém quando se ouviu o apito do juiz, os meninos do Olympico pareceram não enxergar o time adversário. Com apenas 4 minutos, o marcador já apontava 3 para os visitantes e 0 para os donos da casa, com dois gols do artilheiro da competição, Hiago Campelo e um de Davi Alves. Ainda no quarto minuto de jogo o camisa 13, Luan Henrique descontou para o Recreativo.

O primeiro tempo não estava nem na metade e a partida já tinha 4 gols. O ritmo alucinante continuou e logo aos 7 minutos o camisa 9 do Olymipico, Marco Antônio, empurrou a bola para as redes de novo. Com uma diferença de gols confortável, o natural seria o técnico Carlos Alberto de Faria pedir a seus comandados para diminuir o ímpeto e administrar o resultado favorável. Porém não foi isso que aconteceu e aos 10 minutos Lucas de Souza fez o seu primeiro gol na partida, o quinto do Olympico Club, fechando assim o resultado da primeira etapa.

Com um excelente resultado na bagagem e as mãos na taça os visitantes voltaram mais relaxados para jogar o segundo tempo. Porém o aparente “salto alto” durou apenas até o segundo minuto da etapa complementar, quando Vítor Lima, camisa 3 do Recreativo, fez o seu primeiro gol no jogo. Novamente o time do Olympico soube demonstrar toda sua superioridade e frear uma possível reação dos adversários. Foram 4 gols separados por apenas 5 minutos, sendo o último deles do camisa 8 Hiago, que se isolou ainda mais na artilharia da competição, chegando à marca de 26 gols em 14 jogos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *