Magnum surpreende e vence Tropical

Por em 16 de setembro de 2013

No último sábado, dia 14 de setembro, começou a ser disputado o quadrangular final do Campeonato Metropolitano Sub-11, de onde sairá o campeão do ano de 2013. No segundo jogo do dia o Tropical Tênis Clube e o Colégio Magnum fizeram um duelo acirrado, no qual o time de Belo Horizonte levou a melhor de maneira surpreendente. Afinal, o Tropical havia perdido apenas uma partida nas 12 que disputou no campeonato até então e, pela campanha consistente que fez nos dois primeiros turnos, era considerado favorito para o confronto.

Logo que o juiz deu o apito inicial o camisa 7 do Magnum, Luis Fernando, foi para cima da defesa adversária e marcou o primeiro gol do jogo com apenas 20 segundos de bola rolando. Era um indicativo de que nesse jogo o Tropical não encontraria tanta facilidade para construir um resultado positivo, assim como aconteceu na primeira fase do campeonato.

E não encontrou mesmo. Embalados pelo gol marcado na casa do adversário logo no inicio de partida, os meninos do Magnum continuaram a pressionar o Tropical, que parecia não entender bem o que estava acontecendo. O bom momento da equipe belo-horizontina foi recompensado aos 5 minutos de partida, quando Marcelo Ribeiro, camisa 6, fez 2 a 0. Atordoados com o volume de jogo da equipe adversária, os meninos do Tropical não conseguiam se encontrar em quadra e levaram o terceiro gol apenas um minuto após ter sofrido o segundo. Gol marcado pela camisa 10 Pedro Henrique. E o primeiro tempo ficou assim mesmo. Um surpreendente 3 a 0 para o Colégio Magnum.

A conversa do técnico do Tropical, Nelson Eustáquio Junior, no intervalo parecia ter surtido efeito e com menos de um minuto da etapa complementar os donos da casa diminuíram, com gol de John Souza. Após o precoce gol na segunda etapa, o cenário que se desenhava era de uma reação do time de Itaúna, porém os meninos do Magnum estavam mesmo decididos a não deixar aquele resultado escapar. Com apenas 2 minuto de jogo na segunda etapa Pedro Henrique marcou mais um, o quarto de sua equipe na partida.

O quarto gol sofrido pelos mandantes parece ter esfriado a equipe que não teve mais forças para buscar o resultado positivo. Arthur Lopes, do Tropical ainda anotou o segundo tento de sua equipe, mas já era tarde demais.

Com o resultado inesperado o Tropical precisa vencer os próximos adversários que lhe falta enfrentar e torcer para que o Colégio Magnum tropece pelo menos uma vez. Na outra partida da rodada o Olympico derrotou o Recreativo por 6 a 1. O próximo jogo do Tropical será contra o forte Olympico, enquanto o Magnum encara o Clube Recreativo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *