Olympico vence duelo épico e fica muito próximo do título

Por em 19 de setembro de 2013

Em partida digna de uma grande final de campeonato, o Olympico chegou à sua segunda vitória consecutiva na fase final do Campeonato Metropolitano. O gol que deu a vitória por 6 a 5 sobre o fortíssimo time do Tropical Tênis Clube veio somente há dois minutos do fim, quando as duas equipes empatavam em 5 a 5.

Com o excelente resultado obtido na noite de ontem, a tradicional equipe do Olympico dispara como a principal candidata ao título da competição, uma vez que o Colégio Magnum, equipe que despontava como a principal adversária nessa fase final, perdeu o seu jogo de ontem para o Clube Recreativo Mineiro. O término da segunda rodada do quadrangular final deixou apenas 3 times com chances de ainda chegar ao título. São eles, Olympico, Magnum e Recreativo.

Como já era de se esperar, a partida começou com os dois times se estudando muito para não correr o risco de sofrer gols logo no inicio, o que prejudicaria a sequência da partida. Somente aos 7 minutos de jogo saiu o primeiro gol, que foi marcado pelo camisa 9 do Olympico, Gustavo Souza.  O gol marcado por Gustavo deu muita confiança a seu time e logo na sequência a equipe do técnico Guilherme Gontijo conseguiu marcar mais 3 gols antes mesmo dos 10 minutos de jogo. Depois do primeiro gol foi marcado mais uma a cada minuto.

Com um confortável 4 a 0 no placar e uma provável vitória em vista, os meninos do Olympico parecem ter deixado o clima de “já ganhou” tomar conta e o Recreativo soube muito bem se aproveitar disso. A reação começou pelos pés do camisa 21, Victor Gabriel, aos 12 minutos do primeiro tempo. A reação não parou por ai e o Tropical marcou ainda mais dois gols antes de terminar o primeiro tempo. Final de primeira etapa com o placar marcando 4 a 3 para o líder do quadrangular final, Olympico Club.

Veio o segundo tempo e a tônica do confronto foi a mesma do final da primeira etapa. Uma pressão forte da equipe do Tropical que, nesse momento acreditava mais do que nunca na possibilidade da virada, enquanto o Olympico tentava se segurar na desfesa. O bom momento do Tropical foi recompensado aos 4 minutos da etapa complementar, quando o camisa 9, John Kenedy, empurrou a bola para as redes do goleiro Alan Patrick. Quando todas as evidências indicavam que o Tropical conseguiria manter o excelente momento e viraria a partida que chegara a estar perdendo por 4 a 0, o Olympico mostrou novamente sua incrível capacidade de reverter situações ruins e marcou seu quinto gol com André Piterman.

Porém o gol não desanimou os meninos de Itaúna, que continuaram a pressionar os adversários em busca do gol de empate, ignorando o cansaço que a essa altura do confronto já atrapalhava um pouco. O esforço e abnegação dos garotos do Tropical foram recompensados, com mais um gol de Victor Gabriel. O segundo dele na partida e o quinto de sua equipe. Antes mesmo de que Victor pudesse comemorar seu gol, o camisa 3 do Olympico também anotou o seu segundo tento na partida há dois minutos do fim. Foi o gol derradeiro da partida, aquele que deu à equipe do Olympico a possibilidade de jogar apenas por um empate contra o Colégio Magnum na próxima segunda, dia 23, para ficar com o título de Campeão Metropolitano sub-11 2013.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *