Federações tomam atitudes importantes sobre o comando da CBFS

Nesta semana, representantes de várias federações estaduais de Futsal estiveram reunidos em Fortaleza para tomar algumas decisões importantes no que se diz respeito ao comando da entidade máxima do futsal brasileiro.

Durante os quatro dias em que os presidentes se encontraram, foram discutidos assuntos importantes como: o bloqueio das contas da CBFS, por parte da junta governativa; os dirigentes da situação não podem mais responder pela confederação; a marcação de novas eleições, tão logo a junta governativa tome posse, e também a não participação dos dirigentes da CBFS, Dr. Renan Tavares e Louise Bede, no Campeonato Sulamericano sub-20 Masculino, na cidade de Aracaju (SE), uma vez que ambos já estão destituídos da diretoria desde a assembleia das federações, realizada no dia 30 de novembro.

A situação de crise no futsal brasileiro já vem se arrastando ao longo de sete meses, quando a Confederação Brasileira de Futsal teve suas contas reprovadas em maio deste ano. Desde então, as federações estaduais, vêm se mobilizando para que seja feita a troca de comando na diretoria da instituição, entretanto, os dirigentes que estão no comando, insiste em não “passar o bastão”, mas o fim está próximo, e a oposição muito perto de conseguir o seu objetivo.

Imprensa - FMFutsal

Assessoria de Imprensa da Federação Mineira de Futsal Ricardo Diniz Contato: (31) 3271-6391

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *