Departamento de Futsal Feminino é novidade na Federação Mineira

Pela primeira vez a Federação Mineira terá um departamento exclusivo para cuidar do futsal feminino. A novidade foi promulgada na última segunda feira (12), através da resolução 05/2016, pelo presidente da Federação, José Raimundo. Para a direção do novo departamento, foi escolhida a professora Calefa Siqueira (foto). Educadora Física há 10 anos, Calefa foi atleta da seleção de Futsal de Ouro Branco por 8 anos e hoje atua como treinadora de futsal  das categorias sub 7 ao sub 17 no Projeto “Formando Cidadãos Através do Esporte” da Prefeitura Municipal de Ouro Branco. “Primeiramente agradeço à Federação pela oportunidade de colaborar com o Futsal Mineiro. Juntos vamos fazer um grande trabalho pelo futsal feminino de Minas Gerais”

A seguir você confere a entrevista completa com a Diretora do Departamento Feminino da Federação Mineira de Futsal, Calefa Siqueira:

Qual sua expectativa para esse novo departamento?

“Minhas expectativas são as melhores possíveis, acredito que já estava em tempo da Federação criar um espaço para o crescimento e fortalecimento do Futsal Feminino. Sei das dificuldades que virão, mas com vontade e união, principalmente com as entidades que já vem fazendo um trabalho, diga-se de passagem, aos trancos e barrancos, vamos fazer um ótimo trabalho. É importante sempre agregar novas entidades para que esse fortalecimento de fato aconteça, tendo um carinho e atenção desde a categoria de base, pois nela estão nossas futuras campeãs.”

 Qual a importância de ter um departamento feminino na Federação Mineira?

“Super importante! Em um momento em que se fala muito em igualdades, ter um departamento com um olhar voltado para o Feminino demostra que a instituição se importa com a modalidade e quer seu crescimento e fortalecimento.”

Como será o relacionamento do departamento com as atletas?

“O departamento feminino será a voz das diversas mulheres que praticam e amam o Futsal Feminino, mas muitas vezes não tem condições de participarem de um Campeonato Oficial. Será importante para o desenvolvimento e difusão da prática do futsal entre as mulheres. Se conseguirmos mobilizar e sensibilizar todo estado poderemos ter um crescimento em médio prazo.”

Qual sua expectativa em relação ao crescimento do Futsal Feminino em MG?

“Iremos trabalhar para que esse crescimento aconteça, como já disse sei das dificuldades que teremos, mas com trabalho, vontade e união entre a Federação e entidades, esse crescimento será inevitável. É preciso agir visando o desenvolvimento e crescimento do futsal. O primeiro passo está sendo dado e espero que as pessoas entendam e colaborem para esse desenvolvimento.”

Como é o apoio ao Futsal Feminino em MG?

“Infelizmente estamos bem a quem do que gostaríamos, falta apoio não só em Minas, mas no Brasil. Não vemos competições de grande porte como da Liga Nacional Masculina, por exemplo, obvio que não podemos comparar, uma vez que o investimento no masculino é muito maior, mas porque não, o feminino ter um Campeonato de grande importância com grandes equipes, inclusive de camisa? Em tudo na vida temos que ter referência e hoje falta a meu ver uma competição oficial da Federação que seja referência para motivar novas equipes à participarem.”

Quais são as principais ações, de imediato, para a valorização do futsal feminino?

  1. Arbitragem feminina exclusiva, capacitada e séria;
  2. Mais competições e em todas as categorias. Temos que incentivar a prática e a revelação de novos talentos no feminino;
  3. Competições regionalizadas, onde as cidades pequenas possam participar;
  4. Semifinais e finais de todas competições e em todas categorias organizadas e patrocinadas pela Federação Mineira e suas parceiras;
  5. Criar um programa de ajuda em elaboração de projetos e captação de recursos, para que os clubes desenvolvam os seus projetos.

“Enfim, iremos trabalhar para que o futsal feminino entre de vez no cenário esportivo de Minas Gerais e quem sabe do Mundo!”

(Reportagem de Rafael Miguel)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *